Equipe e21 na cobertura da Expointer 2018

Entre os dias 25/08 e 02/09 aconteceu a Expointer, feira voltada ao agronegócio com destaque nacional e internacional. E a e21 esteve presente no evento através dos clientes como Massey Ferguson e Kepler Weber.

Para registrar tudo de perto, a Aloha, Social Media aqui na e21, e a Renata, responsável pelas redes sociais da agência, foram até lá realizar a cobertura da feira.

Confira abaixo como foi a experiência das duas e o que elas têm pra contar.

 

  1. Como foi fazer a cobertura das redes sociais do cliente em um evento tão grande como a Expointer?

Aloha: Sempre fazemos um planejamento de acordo com os objetivos dos clientes para as redes sociais e seguimos um cronograma de publicação durante os eventos. Ao longo do ano, a Massey Ferguson participou de três grandes eventos com demandas de conteúdos especiais e interação com os clientes em todos os canais. Ainda assim, a Expointer permitia ir além, pela proximidade com a fábrica de onde saem os produtos da empresa e pela relação da marca com o Estado. Após o aprendizado com os outros eventos do ano, conseguimos traçar uma estratégia mais adequada ainda, que unisse o que o cliente esperava com o que o nosso conhecimento nos faz entender como importante para os resultados. O trabalho é tão intenso quanto recompensador.

Renata: Foi muito enriquecedor.  Nada se compara a estar presente no evento, vivendo ele junto com o cliente.  Foi a primeira fez que a e21 pode estar realizando uma cobertura presencialmente para as suas redes sociais e começar pela Expointer valeu muito a pena. Foi uma experiência que trouxe novos olhares para o conteúdo da e21.

  1. Você acredita que fazer a cobertura do evento pessoalmente trouxe mais resultados?

Aloha: Estar mais próximo do cliente é sempre mais positivo e eficaz. Na Expointer, tivemos a oportunidade de um revezamento na equipe de conteúdo para que todos pudéssemos vivenciar a feira de perto, produzindo e publicando direto de lá. Também pudemos alterar algum planejamento anterior que na hora não fizesse sentido, ou encontrar caminhos que antes não haviam sido pensados. Trouxemos o controle da produção mais para perto de nós, reduzindo os caminhos e, principalmente, os enganos. O resultado é definitivamente mais positivo.

Renata: Normalmente a e21, como agência, realiza a cobertura dos eventos onde nossos clientes estão participando, para as suas redes sociais, de forma colaborativa. Cada profissional que vai até o evento prestigiar o cliente acaba fazendo alguma foto ou gerando algum conteúdo sobre. E nesse ano, com a Expointer, resolvemos fazer diferente. Fomos até lá e a experiência foi incrível. Com certeza, estar presente no evento e com o foco total de realizar a cobertura do mesmo, gerando conteúdos específicos tornou tudo mais efetivo, e por consequência, os resultados foram significativamente melhores.

  1. Durante a cobertura, foi possível gerar conteúdos além do esperado?

Aloha: Sim! Percebemos que tínhamos a oportunidade de testarmos outras funcionalidades de tempo real nas redes sociais e produzimos fotos e vídeos para os stories de Facebook, com uma média de visualização acima do esperado. Assim, tínhamos tanto o cronograma quanto uma cobertura em tempo real do que estava acontecendo no estande da Massey Ferguson, aproximando os clientes que não poderiam participar da feira ou atraindo ainda mais visitantes.

Renata: Com certeza. Fomos fazer a cobertura com um planejamento em cima da programação dos clientes que estavam expondo na Expointer. Ao chegar lá, pude ter uma nova perspectiva, além de enxergar novas oportunidades para a produção do conteúdo.

  1. Como profissional, o que essa vivência te agregou?

Aloha: Na rotina da agência, acabamos sistematizando mais a produção para poder atender a todos os clientes da mesma forma. Mas as saídas de campo são sempre engrandecedoras. Uma vivência como essa permite olhar para o conteúdo na hora, aprender mais sobre o cliente e estar mais próximo de seus objetivos. Assim, podemos ter uma visão mais real e pensar em estratégias mais adequadas para as futuras produções.

Renata:  Foi a primeira vez que fiz uma cobertura presencial e com certeza me agregou muito profissionalmente. Para mim, que faço as redes sociais da e21, poder estar presente no evento e gerar conteúdo pensando efetivamente nas redes sociais da agência trouxe ótimos resultados, além de uma baita experiência.