A história por trás da história – um Workshop com Letícia Wierzchowski.

Letícia Wierzchowski na agência e21

Na última sexta-feira, 13, tivemos a incrível presença da Letícia Wierzchowski, autora do livro “A Casa das 7 Mulheres”. 

Em um workshop sobre escrita criativa, Letícia explicou sobre a construção dos personagens, suas características psíquicas, físicas, seu passado, sua memória e seus anseios. Também enfatizou que todo herói precisa de um drama, um problema. As pessoas precisam se identificar e torcer pelo personagem central.

 “Eu acredito no personagem. Através dele que o leitor cria empatia e se apaixona pela história”, diz Letícia.

Enfatizou que um enredo não precisa ser verdadeiro, ele precisa sim é ter verossimilhança – cada fato deve ter uma causa que desencadeia uma consequência, e uma lógica interna.

Expôs a função do narrador ao narrar uma história e as possibilidades e diferenças entre um em primeira pessoa, e em 3º pessoa, podendo ser onisciente neutro (sem julgamento), ouonisciente seletivo (que julga e tira conclusões em relação ao personagem).

Na construção de uma história, o tempo e espaço são muito importantes, pois definem onde a narrativa transcorre, estando um sempre está atrelado ao outro.

 Sobre os diálogos, ela constatou de forma sábia que eles são fundamentais na narrativa da história, uma vez que mantêm o ritmo como em uma dança. Portanto, diálogos não devem ser desperdiçados e sempre devem salientar o drama da história.

Alguns insights sobre o seu processo criativo também foram questionados pelo nosso time.  Letícia respondeu com algumas dicas, como a importância do convívio diário com a construção da história e o comprometimento com a mesma. “Se a veia criativa não tiver muito saliente no dia, aproveite para reler e ver a arquitetura da história”.

A autora deixou claro que, independente da trama de uma história, e as verdades que cada narrativa constrói, o importante, no final, é o significado traduzido por cada leitor, mas sempre influenciado pela história oculta – a essência de uma obra. Foi assim que, tal qual uma boa história, nosso Workshop de Escrita Criativa gerou significados que inspiraram cada um dos presentes.

 

Quer saber o que o time da e21 achou sobre o Workshop?

 

“Sem dúvidas, excepcional. Com tudo de positivo que esta palavra pode traduzir: fora do comum, além dos limites, além do que é normal, frequente ou corriqueiro.”

(Andrio Foppa)

 

“Acho que absorver conhecimento de outras fontes que não venham da publicidade deixa o nosso trabalho muito mais rico. Achei a Letícia muito acessível, com muita disposição pra conversar e transmitir um conteúdo relevante para a gente. Gostei muito mesmo.”

(Vanessa Roeder)

 

“Vontade de sair daquela sala e ir correndo para uma livraria! Achei sensacional.” (Inês Johnson)

 

“Coceira pra continuar escrevendo.” (Lucas Moraes)

 

“Inspirador, desmistificador, valiosa troca de ideias para toda a criação. Percebemos que trabalhamos com a mesma coisa – historias. Saio desse encontro mais crescido e preparado. Obrigado.”

(Fernando Geisel)

 

“A vida só é incrível porque é feita de histórias.” (Victor Gyorkovitz)

 

Mesmo para mim, que não sou do universo da escrita, foi um encontro interessante, leve e muito bem conduzido por ela.”

(Eduardo Medeiros)