Artigos, Cobertura de Eventos

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL. MAS PODE ME CHAMAR DE WATSON.

Ei, o que a IBM veio mesmo fazer em um encontro de Agências de Propaganda? Veio apresentar o Watson. Ou, se preferirem, introduzir a todos no mundo dos Negócios Cognitivos. (Hã?) Watson é um sistema de processamento avançado, recuperação de informação, representação de conhecimento, raciocínio automatizado e tecnologias de aprendizado de máquinas. (Entenderam?) Ou seja: Watson é uma máquina que…leia mais

EI, VAMOS DISCUTIR NOVOS MODELOS PARA AS AGÊNCIAS? – PARTE 2

Que baita painel dividido por Carl Johnson – Anomaly -, Elizabeth Ross - Periscope -, Tamara Ingram (J. Walter Thompson) e Barry Wacksman - R/GA -. Tanto que tive de dividir este report em duas partes. (Sinceramente, vale a pena ler a primeira antes de seguir por aqui). Para (re) começar, uma provocaçãozinha do mediador, teve uma pronta resposta de…leia mais
Artigos, e21, Resultado

e21 FAZ UM BALANÇO OTIMISTA DO PRIMEIRO SEMESTRE DO ANO

“Um semestre de mudanças insanas, duras e necessárias”. Assim, Luciano Vignoli – Diretor-Presidente da e21 – qualifica o primeiro semestre de 2017, recentemente encerrado. A agência se propôs e colocou em prática uma série de mudanças internas, visando cinco pontos fundamentais: a) a absoluta integração do atendimento web de seus clientes, possibilitando o exercício pleno da gestão de conteúdo de…leia mais
Novas contas

Um desafio único. Dois novos clientes.

Bem-Vindo Grupo Digicon: Bem-Vinda, Perto. Bem-Vinda, Digicon.  Digicon Atua nos segmentos de Controladores de Acesso (Catracas), Controle de Ponto, Controladores de Tráfego Viário (Trânsito), Sistemas de Controle de Estacionamento Rotativo (Parquímetro), Sistemas de Bilhetagem Eletrônica para Transporte Urbano e componentes aeronáuticos (build-to-print). Perto Tecnologia para bancos e varejo – A Perto está presente nas maiores instituições financeiras do Brasil e do…leia mais
Artigos, Coletânea

EI, VAMOS DISCUTIR NOVOS MODELOS PARA AS AGÊNCIAS? – PARTE 1

Este painel começou com um consenso (cada vez mais difundido, cada vez mais ampliado): nunca, em sua trajetória, as agências passaram por tantos desafios. Desafios de significado. De estrutura. De modelos. De valor. Desafios históricos que fazem todos pensar que o tempo áureo das agências, infelizmente, passou. Que o crescimento das in-house-agencies (e me permitam um comentário: nunca nos deparamos com…leia mais
Artigos

A visão – e paixão – da P&G pelas agências de propaganda

Como já comentei no report anterior, considerei que Marc Pritchard – CBO (Chief Branding Officer) da Procter & Gamble – fez uma das melhores (se não a melhor) palestra no #TRANSFORMATION 2017, tanto que dividi este meu resumo em 2 partes. Na primeira, abordei a relação funcional da P&G com as agências de propaganda (seja lá o que isto hoje…leia mais

A busca da P&G Global pela produtividade nas agências de propaganda

Marc Pritchard – CBO (Chief Branding Officer) da Procter & Gamble Global – fez uma das melhores (se não a melhor) palestra no #TRANSFORMATION 2017. Pritchard, a saber, comanda o marketing do maior anunciante do mundo e um exército profissional enorme e altamente capacitado, composto por mais de 1.500 pessoas espalhadas pelo globo, com divisões consolidadas em mais de 400…leia mais
Artigos

I´M NO ANGEL: ENTENDA COMO A MARCA LANE BRYANT PASSOU A FALAR COM A MULHER REAL

O mercado A palestra começou de forma leve, com um pequeno clipe, de cerca de 1 minuto, com algumas personagens coadjuvantes do novo cinema americano em cenas bastante engraçadas. Essas personagens – presentes em cenas dos mais diversos filmes – eram mulheres hilárias, quase bizarras, atrapalhadas, engraçadas, vestidas de forma extravagante, quase todas comendo compulsivamente e sofrendo ao fim por…leia mais
Cobertura de Eventos

COM A PALAVRA, UMA DAS GIGANTES GLOBAIS: (HOLDING) INTERPUBLIC

Michael Roth, CEO de uma das maiores holdings de publicidade do mundo, foi a bola da vez no tradicional espaço que o evento dá aos gigantes setoriais. Numa entrevista franca e direta, objetiva e excelentemente bem conduzida pela repórter da CNBC, Julia Boortin, que já ao iniciar, “atacou” o Mike Roth sem papas na língua, sem firulas nem blá. Instigado…leia mais